Menu

segunda-feira, 9 de novembro de 2009

Bones: A morte nunca teve tanto senso de humor

Tamara Taylor (Camille Saroyan), John Francis Daley (Dr. Lance Sweets), Emily Deschanel (Dra. Temperance "Bones" Brennan), David Boreanaz (Seeley Joseph Booth), Michaela Conlin (Angela Montenegro) e T. J. Thyne (Jack Hodgins)

A série investigativa Bones segue na mesma linha quando o assunto são as investigações nesta 5ª temporada, ossos são achados, o agente do FBI Seeley Booth e a Dra. Temperance Brennan com sua equipe do Instituto Jeffersonian caem de cabeça no caso. O que diferencia essa série das demais séries investigativas é a forma como as relações se dão nos bastidores destas investigações. E isso a torna muito mais atraente, por que ela pega casos sérios e dão um tom de leveza a tudo, mostrando que a morte tem até um certo senso de humor. E isso não muda nessa nova temporada exibida pela Fox Americana.

As relações interpessoais estão sendo discutidas mais do que nunca nesta temporada. Pois a equipe ainda segue a procura do estagiário perfeito, e até os estagiários que antes serviam apenas de complemento, entram também no eixo da discussão, como o árabe que fingia ter sutaque para entenderem sua necessidade de seguir os ritos da religião mulçumana e o jovem rapaz que cresceu no subúrbio e perde a bolsa de estudos.

Outras questões abordadas na equipe são: como alguns deles criam seus filhos, já que possuem uma rotina atribulada, como lhe dar com esse filho quando ele é adotivo, até que ponto devemos ceder para preservar uma amizade, se devemos considerar as diferenças financeiras e até que ponto isso pode afetar uma amizade, e muitos outros pontos que tornam a equipe de investigação de altos Q.Is mais próximos de nós, meros mortais e que não possui um discurso e conhecimento tão intelectualizado.

Tem um tema que sempre volta a série, na verdade é o que permeia a série o tempo todo, que é: “O quanto mudamos a história?”. Pois eles no final de cada caso analisam como aquilo mudou a história daquelas pessoas, a vida delas. Essa questão é tão visceral em nossas vidas, pois as vezes com pequenos atos mudamos a vida dos outros, e eles ao resolverem crimes, as vezes desaparecimento. Como no 3º episódio, onde uma família que dava o filho como desaparecido, descobre que ele está morto e que fugiu de casa para entrar em contato com o seu dom para piano, e eles que são de uma comunidade Amish, que não tem contato com influencias do mundo moderno e vivem como as pessoas viviam durante a Guerra Civil Americana, abrem uma concessão para assistirem um DVD com o filho tocando. Para mim foi um dos momentos mais simples e tocantes da série. Recomendo esse episódio.

A discussão sobre mudar a história cai de forma macro, quando em meio a uma investigação, no 2º episódio, a dupla Booth e Brennan esbarram em uma múmia legitima e ambos ajudam a provar que a morte de um príncipe faraó não havia acontecido como todos pensavam ao longo do século. Assim eles mudaram a história.

Bones e BoothMas o que promete ser o momento hot desta temporada é a relação de Brennan e Booth, pois a relação deles que antes eram bem posta e definida como amizade mesmo, caminha para uma evolução. Depois da retirada de um tumor no cérebro de Booth no final da ultima temporada, e da sua experiência de quase morte, somado as alucinações que ele teve durante o seu coma, fizeram ele perceber que sentia algo bem diferente por Brennan, que na verdade estava apaixonado por ela. Agora a questão é se tudo isso que ele está sentindo não é uma influencia da área do seu cérebro que foi mexida durante a operação ou se ele não usa esse temor como desculpa para não dar o passo adiante. Pois a temporada vai mostrar como algumas coisas mudaram em Booth depois da cirurgia, e como isso tem deixado ele meio perdido e muito preocupado com essa situação. E dessa vez é Brennan que vai salva-lo desse estado de apreensão.

Agora só resta esperar para ver o que ainda acontecerá neste louco mundo. Só sei que o criador e os produtores prometem um belo 100º episódio da série, que mostrará a relação dos dois personagens principais antes do 1º episódio. Uma espécie de olhada no prelúdio da série. O que será que encontraremos lá?

A série vai ao ar nos EUA todas as quintas-feiras com a 5ª temporada, às 8 da noite no horário do Leste, no canal Fox. No Brasil é exibida a 4ª temporada pela Fox, toda quinta-feira, 8 da noite, horário de Brasilia. E a Globo também transmite episódios de Bones, no horário inglório da madrugada, usando como tapa-buracos. Volta e meia esbarro com ela durante a minha insônia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário